(11) 2306-7795 segunda à sexta das 8h às 18h. Verifique a disponibilidade da sua marca clique aqui para abrir o formulário de pesquisa

contatos
fale conosco (11) 2306-7795
envie uma mensagem [email protected]
pesquisa de marca clique e faça uma pesquisa gratuita
menu

Blog

Como Registrar Uma Marca no INPI?

04 de outubro de 2023

INPI e o Valor Estratégico do Registro de Marcas para Empresas.

 

Qual a importância do registro de marcas no INPI?

 

Em um mundo empresarial cada vez mais competitivo, distinção é a chave para o sucesso.

 

Uma das maneiras mais eficazes de se destacar no mercado é através do registro de marcas, pois entre outras coisas, este é o único recurso que garante ao detentor a propriedade e o direito de explorar a marca comercialmente em todo o território nacional.

 

E quando falamos sobre a segurança e legalidade desse processo no Brasil, falamos do INPI (Instituto Nacional da Propriedade Industrial).

O Que é INPI?

 

O INPI é a instituição responsável por garantir a exclusividade de marcas e patentes, conferindo aos detentores o direito legal de uso e proteção contra possíveis violações.

 

Para qualquer empresa, independentemente do seu porte ou setor de atuação, compreender a importância estratégica deste órgão é fundamental para consolidar sua posição no mercado.

 

Então, ao garantir o registro de sua marca no INPI, uma empresa assegura não apenas a proteção legal contra possíveis plágios, mas também estabelece um ativo valioso no balanço de sua propriedade intelectual.

 

E, este ativo pode ser vital em negociações, parcerias e até mesmo em processos de fusões e aquisições, agregando valor substancial à corporação.

 

Além disso, o registro no INPI confere à empresa a tranquilidade de operar em um ambiente de negócios onde a concorrência é saudável e justa.

 

Porque, com a marca devidamente registrada, a organização pode focar em expandir seus negócios, inovar e oferecer produtos ou serviços de alta qualidade, sabendo que sua identidade está protegida sob a lei.

 

Neste artigo, exploraremos em detalhes o papel crucial que o INPI desempenha no processo de registro de marcas, bem como os benefícios estratégicos que esse procedimento oferece para empresas de todos os setores.

 

Nos aprofundaremos nas vantagens competitivas, na construção de reputação e na segurança jurídica que o registro proporciona, revelando por que cada empreendedor e gestor deveria considerar este passo como parte integrante da estratégia de negócios logo no início do seu projeto.

 

Alguns dos temas que abordaremos neste post, serão:

 

  • Como Registrar Uma Marca no INPI;
  • O Papel do INPI na Proteção da Propriedade Intelectual;
  • Benefícios Tangíveis do Registro de Marcas;
  • Vantagens Competitivas no Mercado;
  • Segurança Jurídica e Prevenção de Conflitos.

 

Como Registrar Uma Marca no INPI?

 

Registrar uma marca no Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI) é uma etapa crucial para proteger sua identidade empresarial e gerar valor para o seu negócio no Brasil.

 

Entenda agora como é feito o registro.

 

  1. Pesquisa Prévia: Antes de iniciar o processo, faça uma pesquisa no sistema do INPI para verificar se a marca desejada ou uma similar já está registrada ou em processo de registro. Isso evita conflitos e aumenta as chances de aprovação da sua solicitação.Definição da Marca: Decida o tipo de marca que você quer registrar (nominativa, figurativa, mista ou tridimensional) e em quais classes de produtos ou serviços ela se encaixa. A classificação correta é essencial para proteger adequadamente a marca no seu segmento de mercado.
  2. Cadastro no e-INPI: Acesse o portal do e-INPI e crie uma conta, caso você ainda não tenha. Esse cadastro é necessário para enviar a solicitação de registro.
  3. Preenchimento do Formulário de Pedido de Registro: No portal do e-INPI, preencha o formulário de pedido de registro, incluindo todas as informações requeridas sobre a marca e o titular. Anexe também os documentos necessários, como o logotipo da marca (se aplicável) e a identificação do titular.
  4. Pagamento da GRU: Após preencher o formulário, gere e pague a Guia de Recolhimento da União (GRU) referente à taxa de pedido de registro. Os valores variam conforme o tipo de marca e a categoria do solicitante (pessoa física, microempresa, empresa de pequeno porte, etc.).
  5. Acompanhamento do Processo: Depois de enviar o pedido, é crucial acompanhar o andamento através do portal do e-INPI. O processo de análise pode levar vários meses e pode incluir etapas como a publicação na Revista da Propriedade Industrial (RPI), período de oposição e análise final pelo INPI.
  6. Concessão do Registro: Se o pedido for aprovado após todas as análises e não houver oposições ou problemas legais, o INPI concederá o registro da marca. Você precisará pagar a taxa final de concessão para obter o certificado de registro, que confere o direito de uso exclusivo da marca em todo o território nacional por 10 anos, renováveis.

Este processo não só assegura a exclusividade sobre o uso da marca mas também agrega valor ao seu negócio, reforçando a identidade da empresa e protegendo-a contra uso indevido por terceiros.

É recomendável consultar um profissional especializado em propriedade industrial para orientação específica e para garantir que todos os passos sejam executados corretamente.

 

O Papel do INPI na Proteção da Propriedade Intelectual

 

O INPI é a instituição responsável por conceder e administrar os registros de marcas, patentes e desenhos industriais no Brasil.

 

Essa atribuição é de extrema importância para empresas e empreendedores que investem tempo e recursos no desenvolvimento de produtos e serviços inovadores.

 

Ao obter uma patente, por exemplo, o inventor assegura o direito exclusivo de explorar comercialmente sua criação por um período determinado, incentivando o desenvolvimento tecnológico e a busca por soluções inovadoras.

 

Mas, o papel do INPI na PI, não se restringe apenas ao território nacional.

 

Engloba também  acordos internacionais, que visam facilitar a vida do empresário que deseja internacionalizar seus negócios e valorizar sua marca no mercado internacional.

 

Alguns destes acordos, são:

 

 

O Protocolo de Madrid

 

Publicado em 02 de outubro de 2019, no Diário Oficial da União, o decreto 10.033/19, promulga o Protocolo referente ao Acordo de Madri sobre registro internacional de marcas.

 

Com isso, empresas brasileiras que desejam registrar suas marcas em qualquer dos 120 países signatários do acordo, poderão depositar o pedido diretamente no INPI – Instituto Nacional da Propriedade Intelectual.

 

Acordo de HAIA

 

Com o acordo de Haia  começa a operar no Brasil o sistema que permite o registro de até 100 desenhos industriais em até 96 países (incluindo o próprio Brasil), por meio de uma única solicitação internacional.

 

Poder usufruir destes acordos, facilita a vida do empresário, que poderá internacionalizar sua empresa de forma mais segura e com apenas um processo, se resguardar em vários países.

 

Benefícios Tangíveis do Registro de Marcas

 

Alguns dos principais benefícios do registro de marcas, são:

 

  • Garantir exclusividade em todo o território nacional, e  com a  adesão do Brasil ao Protocolo de Madrid você poderá em um mesmo pedido, solicitar o registro de sua marca em outros países também;

 

  • Poder tornar o seu negócio uma franquia. Somente marcas registradas podem ser franqueadas;

 

  • A possibilidade de utilizar sua marca em negociações financeiras, por exemplo: usar a marca como garantia ao pedir um empréstimo no banco;

 

  • A garantia de proteção comercial, impedindo pirataria ou uso indevido por terceiros;

 

  • Poder incorporar o valor da marca ao patrimônio da empresa.

 

Vantagens Competitivas Que Ter a Marca Registrada no INPI, Proporcionam à Empresa

 

No cenário altamente competitivo que vivemos atualmente, qualquer vantagem que uma empresa possa obter é valiosa.

O registro de marca, concedido pelo INPI, se destaca como uma destas vantagens para qualquer empresa.

 

Devido às garantias e valorização que proporciona à marca, entre elas:

 

1. Diferenciação Clara e Distinta

Em um mercado saturado, destacar-se é essencial. O registro da marca, confere à empresa uma identidade inconfundível e memorável. Isso não apenas facilita a identificação da empresa pelos consumidores, como também garante a diferenciação da concorrência.

 

2. Proteção contra Imitações e Plágios

A proteção legal oferecida pelo registro de marca impede que outras empresas utilizem ou imitem sua identidade visual, nome ou slogan. Isso significa que os concorrentes não podem capitalizar indevidamente sobre a reputação e os esforços de marketing que você investiu para construir sua marca.

 

3. Construção de Confiança e Credibilidade

Uma marca registrada transmite uma mensagem de profissionalismo e compromisso com a qualidade. Os consumidores tendem a confiar mais em marcas que demonstram o cuidado de proteger sua identidade. Isso pode ser um fator decisivo na escolha de um produto ou serviço, especialmente em setores altamente competitivos.

 

4. Valorização da Propriedade Intelectual

Uma marca registrada não é apenas um nome ou um logotipo; é um ativo valioso no balanço da empresa. Em transações comerciais, fusões ou aquisições, a presença de uma marca registrada pode significar uma avaliação mais alta da empresa, demonstrando que ela possui ativos intangíveis valiosos.

 

5. Facilitação da Expansão e Internacionalização

Uma marca registrada facilita a expansão para novos mercados. Ela cria uma base sólida para a entrada em diferentes regiões, pois estabelece a identidade da empresa de forma consistente e confiável.

 

O Registro da Marca Como Ferramenta de Apoio ao Crescimento da Empresa

 

Em um mundo onde a diferenciação é a chave para o sucesso, o registro de marca emerge como uma ferramenta poderosa para qualquer empresa que deseja não apenas sobreviver, mas prosperar em um ambiente de negócios competitivo.

 

É um investimento estratégico que gera retornos significativos em termos de confiança do consumidor, valor de marca e vantagem competitiva duradoura.

 

Portanto, ao considerar a estratégia de negócios, o registro de marca não deve ser visto como uma formalidade, mas como um pilar essencial para o crescimento e a sustentabilidade no mercado.

 

Segurança Jurídica e Prevenção de Conflitos

 

Ter sua marca devidamente registrada, garante sua tranquilidade em casos de cópias, plágios ou piratarias.

 

Ao detectar qualquer uma dessas ações, você poderá acionar juridicamente a outra empresa, e esta terá que parar de utilizar o nome imediatamente.

 

Uma forma bem segura de acompanhar e evitar que isso aconteça, é através do monitoramento da marca.

 

Se você deseja se aprofundar mais neste tema, sugerimos a leitura do nosso post: Por que Você Precisa Fazer o Monitoramento da Sua Marca.

 

Neste post você entenderá não apenas a importância deste serviço, mas utilizá-lo no seu dia a dia.

Últimos artigos
Inovação e Diversificação: Guia para Revolucionar seus Investimentos em 2024

19 de janeiro de 2024

Como revolucionar seus Investimentos em 2024 considerando que o mundo dos investimentos continua em plena transformação, impulsionado por inovações e […]

Continue lendo
10 Razões para Investir no Registro de Marca em 2024

15 de janeiro de 2024

10 Razões para Investir no Registro de Marca em 2024, com os avanços da tecnologia e da inteligência artificial, o  […]

Continue lendo